Pilates emagrece? Mito ou verdade?

Provavelmente, uma das perguntas mais comuns dos seus alunos é se o método realmente é eficaz para quem deseja queimar calorias e diminuir medidas.

Saiba que, apesar de trabalhar com exercícios de baixa intensidade e combater o stress, o Pilates pode sim acelerar o metabolismo e ajudar a emagrecer!

No entanto, é importante destacar que o objetivo principal do Pilates não é a queima de gordura, e sim a consciência corporal e a tonificação da musculatura.

Por não ser uma atividade cardiovascular, o Pilates dificilmente apresentará efeitos rápidos para quem deseja perder alguns quilos e não realiza nenhuma outra atividade física ou, tampouco, faz uma alimentação balanceada.

Os exercícios, em contrapartida, focam na produção de massa magra, o que estimula o metabolismo e pode contribuir para o emagrecimento.

Outro ponto que vale a pena destacar é que o relaxamento e a consciência corporal promovidos pelo Pilates ajudam a controlar a ansiedade, uma das principais causas do ganho de peso.

A tonificação muscular que a metodologia proporciona também é excelente para deixar o corpo mais desenhado, principalmente naqueles alunos que estão nesse processo de emagrecimento.

O ideal é que o aluno complemente o Pilates com atividades aeróbicas e uma alimentação saudável e regrada para que os efeitos sejam mais eficazes e visíveis.

Compartilhar: